sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Ar

Às vezes parece que não vamos superar 
até esquece que nada é feito pra durar
Às vezes amanhece e há preguiça de levantar 
de tanto que enlouqueceu à noite sem descansar
Às vezes a gente se aborrece sem querer perdoar 
e adoece sem saber (se) amar


segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Nas rimas das vida

Um dia vou sair dessa defensiva
Vou pra cima
Quero ver

Um dia vou esquecer a morfina
Vou pra briga
Deixar doer

Um dia vou te olhar de lado
Jogar pro alto
Vai me perder

Um dia vou cantar vitória
no fim desse dia
Vou te esquecer 

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Como tudo na vida...

Quando passa a euforia, depois que deixa de ter novidade, é que você enxerga o que realmente importa.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015