terça-feira, 31 de julho de 2007

Pensa rápido

O que é mais gostoso do que um abraço?

Resposta: Dois abraços! x)





A Bárbara e a Luana acham que o Improfícuo "possui uma qualidade especial de se inter-relacionar com outros blogs, tornando esse mundinho um pouco mais amigável", pois é assim que o Edson define o prêmio Shmooze, criado por ele. :)
'Brigada pela indicação, meninas! ;)

E por minha vez indico todos os blogs com link's aqui no Improfícuo.


Amanhã mais Elis, quase chegando ao final da trama (?).

segunda-feira, 30 de julho de 2007

hOJE

eu queria escrever aqui. andar por aí. te chamar pra sair. ver você sorrir. e depois do riso. te dar um beijo. e a gente ir dormir...




por ora, consegui apenas escrever por aqui. agora falta o resto. que seja breve, por jerry.


Propositalmente escrito em letras minúsculas.

sábado, 28 de julho de 2007

a pAIXÃO é cOMO dEUS....

que quando quer me toma todo o pensamento

dirige os meus movimentos,

Mantra - Maria Rit...

meu passo é dela,
meu pulso é desse todo poderoso sentimento.

• Mantra •

sexta-feira, 27 de julho de 2007

bABY bOOM

Juro que eu queria está pra parir daqui a menos de dois meses!! Não enlouqueci não (ainda). É que a FIAT dará um Fiat 500 pra quem der à luz no dia do lançamento dessa-coisa-fofa-da-mamãe, bem no dia 15 de setembro de 2007. Ai, se eu soubesse disso alguns meses atrás... hehe x)



Ah como eu queria, viu!

Vem ser feio assim na garagem aqui de casa, vem!





P.S. Como dar à luz daqui pra setembro vai ser algo impossível, aceito o Fiat 500 de presente. Manda email que digo o endereço pra entrega. Obrigada. x)

quinta-feira, 26 de julho de 2007

pOR hOJE

“Não fale de coisas horríveis.
Se ninguém fala de uma coisa, é como se ela não tivesse acontecido nunca.”
Oscar Wilde


É isso.

quarta-feira, 25 de julho de 2007

sEXTO

11 de julho de 2006 - terça
07:35




Droga de despertador a pilhas!! Por que elas não acabam entre o sábado e o domingo?

Mal tomo banho e saio correndo toda torta por ter dormido até às três da manhã no sofá. Durante os minutos presa no engarrafamento pensei nos próximos passos até o meu livro. Acho que me aproximar e tentar uma amizade pode ser uma idéia. Depois de amiga ela vai me emprestar o livro e eu simplesmente não o devolvo mais. Simples. Ótimo. Já tenho um plano. Seria ótimo também conseguir chegar ao trabalho! (!!!)

Saí mais cedo para o almoço, compensar a sexta e a segunda 'felizes' que tive sem tempo pra nada. E ainda tenho que descobrir como ficar amiga da feia.

Avistei o Júlio atendendo uns clientes, acenei e passei direto para a lanchonete. Antes de terminar meu sanduíche o Júlio sentou à minha frente e conversamos como não fazíamos há bastante tempo. Durante nosso bla-blaísmo soltei que tinha conhecido a tal Bruna. Ele fez cara de que não sabia de quem eu estava falando. Então disse-lhe:

─ A Bruna Rangel, funcionária nova da empresa aqui em frente, não sabe?
Ah! A doce Bruna. - Pensei: "Como assim doce? Em todos esses anos de convívio quase que diário nunca se quer me chamou de 'simpática', como já pode chamar a outra de 'doce'?!"-
Ela sempre vinha aqui pela manhã antes de comprar aquele livro que você estava lendo.
Grrrr.. Não precisa me lembrar, honey! Disfarcei a raiva e fingi naturalidade.
─ Ah, é verdade. Você me contou que foi ela.
Daqui a pouco ela deve chegar para lanchar, trocou o horário e a razão de vir livraria. Igual a você! ahaha

Juro que procurei aonde estava a graça, mas o máximo que fiz foi soltar um sorriso amarelo.

Elis, tenho que voltar ao trabalho, hoje isso aqui está quente!
─ Claro, Júlio. Outra hora conversamos mais.

Antes mesmo dele levantar totalmente fiquei me perguntando como eu pude cogitar a possibilidade de 'dar' pra ele.

Ao menos ele confirmou minhas desconfianças. A Bruna Rangel era mesmo a ladra.


Continua...

segunda-feira, 23 de julho de 2007

iNVERSÃO

Do jeito que estamos, breve não existirão mais coisas 'impressionantes pra impressionar'. Pensando melhor, acho que sempre haverá algo que impressione, nem que seja o que antes era considerado 'comum' ou devia ser. Vai saber.




sábado, 21 de julho de 2007

bONDADE

um sorriso largo
um abraço apertado
um perfil engraçado

dois sorrisos largos
dois abraços apertados
dois perfis engraçados



Pronto. A partir de agora todos que chegam aqui, através dos sites de busca, procurando por "perfis engraçados" já podem comemorar. Afinal, não sairão de mãos vazias nunca mais! Sou uma pessoa tão boa e lesa. x)

quinta-feira, 19 de julho de 2007

quarta-feira, 18 de julho de 2007

qUINTO

Anteriormente: Prefácio

10 de julho de 2006 - segunda
07h40






Saí tão apressadamente de casa que esqueci as chaves do carro. Antes de sair novamente com as chaves em mãos, por um segundo de lucidez, quase cheguei a pensar que isso é loucura, mas respirei fundo e segui!

Decidi no caminho não ir no território da coisa, seria melhor usar o telefone. Assim a secretária nunca vai sonhar como é minha aparência e posso mentir meu nome sem medo. E pra não levantar suspeitas teria que descobrir o máximo em uma única ligação. Foi o que fiz.


─ American FS, bom dia. Joana.
─ Bom dia, Joana. - Por um instante pensei em desligar o telefone, mas continuei com o plano. - Anna Maria, tudo bem?
─ Sim. Qual setor, senhora?
- Deus! E agora? - ─ Não sei qual o setor, querida, mas gostaria de falar com a funcionária novata de vocês. - Gastei toda minha falsidade com esse "querida".
─ Você diz a srta. Bruna Rangel?
─ Hum. Não sei o nome dela também, mas sei que ela está na empresa há menos de um mês.
─ Certamente é ela, senhora. Foi a última a entrar na companhia. Vou transferir. Aguarde um instante. ♪ musiquinha chata de espera ♪

Pensei em desligar, já sabia o nome dela, mas saber como era voz da despeitada poderia ajudar a identificá-la pessoalmente.

─ Bruna.
─ ...
─ Alô?

Desliguei. Achei a voz familiar, mas por telefone as vozes se agrupam em timbres semelhantes. Então nada feito. Exceto, claro, que agora sei o nome da pilantra. Mas a secretária nem pra me dizer qual o setor dessa Bruna. Espere!! Eu disse Bruna?! Será a Bruna do setor financeiro que falou comigo semana passada? Não pode ser! Seria coincidência demais!

Preciso parar com esses pensamentos. Há uma montanha de papéis em cima da minha mesa, odeio as segundas. Queria saber quem foi o idiota que disse que o computador surgiu pra eliminar o papel. Ele deveria conhecer o setor financeiro da RTC.

(...)

Mal tive tempo de comer umas bolachas na cantina da empresa durante o dia todo. Conseqüentemente tempo zero para pensar em como recuperar o meu livro.

19h30

Pós-banho e jantar feito em 15min, adormeci no sofá com o pensamento nos acontecimentos do dia.


Será que a Maria Elis, enfim, descobriu? Continua...

terça-feira, 17 de julho de 2007

sUDDENLY

Eu que sempre, sempre detestei distância...


Morro agora de saudade.






• Amanhã tem Elis.
Enfim, descobrindo quem furtou comprou o seu livro.

segunda-feira, 16 de julho de 2007

oUTRO mUNDO

Uma manhã linda. Dia claro. Sol forte e ao mesmo tempo um vento frio. Gostoso. Nenhuma gota de suor, nadinha de calor.

Certo, nem tudo é Cheddar McMelt com coca-cola, mas será que todo dia não pode ser assim?




"Vontade de viver mais em paz com o mundo e contigo'."

domingo, 15 de julho de 2007

cURTAS

Don't cry for me Argentina...


Algumas coisas não precisam de razão, simplesmente são.



Só assim pra eu deixar meu pecado de lado e vir atualizar. [ Mais ]

sexta-feira, 13 de julho de 2007

sURTO

Acordei cedo. Cedo mesmo. Tipo, antes das seis e meia da manhã. Vim direto pro computador. Acho que surtei ou estou quase lá. Isso do tempo passar mais depressa do que eu posso organizar e estudar a apresentação da monografia ainda vai me trazer estrias. É, tudo hoje em dia dá estria.

Parei. Vou tomar banho, comer e volto daqui a pouco pro sufoco.


Um fim de semana feliz pra mim e pra você também, amém!

quinta-feira, 12 de julho de 2007

mAIS qUE iSSO


O futebol é mais que isso.
O Corinthians é mais que isso.

bALANÇA

Meu futuro é duvidoso,

mas eu tenho um sonho e


quem tem um sonho não dança.



Tantas dúvidas no presente e no futuro... Tsc! Como a gente sabe se tomou a decisão mais acertada? Aliás, como a gente sabe qual a decisão devemos tomar?

quarta-feira, 11 de julho de 2007

qUARTO

07 de julho de 2006
17h45






Desde que mudei pra esse emprego que as sexta-feiras mudaram no meu conceito. Dia de largar mais cedo é sempre o dia que saio mais tarde!

Dispensei a ida ao bar com os colegas de trabalho, estava cansada, de tpm e ainda há quatro dias sem ler o meu livro. Pensei em comprar outro, até mesmo pela internet, mas todos nós temos manias e a minha é não gostar de continuar a leitura em outro livro. Você cria uma familiarização com aquelas folhas, passa seu cheiro para elas, enquanto suga o cheiro de novo delas numa sincronia perfeita. Por isso começar a ler a mesma história em outro livro perde essa mágica. As folhas estão com cheiro de novas, mas a história já está usada pra você.

Esse pensamento me remeteu a possibilidade da fedida usar alguma colônia com cheiro enjoado e ter impregnado meu livro com aquele fedor terrível! Argh!

Passei rápido no shopping antes de ir pra casa e saí de lá deprimida. Avistei exemplares do meu livro em liquidação. Senti um nó na garganta...

Já em casa, de banho tomado e estômago cheio, avaliei minhas alternativas. Deixei pra organizá-las no sábado.


08 de julho de 2006
10h30

Abri os olhos lentamente, com a preguiça matinal acumulada da semana inteira e fiquei mais alguns minutos na cama. Ali mesmo revisei mentalmente quais as opções eu teria para reaver meu livro, mais uma semana nesse dilema não seria nada bom.

Pós-café, passei as alternativas para um papel:


Esquecer da história, do livro e procurar outro lugar para almoçar. Hipótese pouco levada em consideração. A feia não teria meu livro assim tão facilmente.

Subornar o colega da livraria. Talvez prometendo-lhe uma noite de prazer em troca do nome e sobrenome da importuna que roubou meu livro. Hum, ele não é feio e eu já não saio com alguém há uns meses... Que é isso?! Eu não sou assim! Sou?!?

Ir até a empresa que a ladra trabalha e procurar informações sobre ela. Afinal, eu sabia que ela era nova na empresa, não seria tão difícil a secretária soltar o nome dela.

Isso! Era isso que eu colocaria em prática na segunda-feira.


09 de julho de 2006 - Domingo

Dia de ajeitar as unhas, cabelo, depilar, entre outras "torturas" para aguentar lindamente a semana. Principalmente quando será A SEMANA.

Continua...

terça-feira, 10 de julho de 2007

bELEZA

Não é todo dia que é possível ver uma coisa dessa! Lindo demais! Pode até ser assustador, mas isso não tira a beleza, né não? Queria ter visto sem ser por foto.

Tromba-d'água no mar de Wadden, na costa da Holanda

Fonte UOL.



Somente. Amanhã trago a Elis.

segunda-feira, 9 de julho de 2007

eSQUECIMENTO gLOBAL

Ou não é nada, não é nada.

Não lembro de um mês de junho tão frio aqui no Nordeste quanto esse de dois mil e sete. Cheguei a duvidar do tal aquecimento global. Até pensei que isso fosse apenas uma modinha e que igual a quase todas as modinhas estivesse só de passagem. Por outro lado, pensei no aquecimento global como uma espécie de calça jeans. Vai saber. Pode ser. Hoje a temperatura deve estar por volta dos 16º, sei lá, aqui em casa o termômetro é só pro corpo. Talvez dezesseis pareça pouco, mas na sombra costuma ser acima dos trintinha, filho. Sabe o que é isso? É acordar no meio da noite e pensar que você está se afogando em alto mar de tão molhada que sua cama está com o teu suor.

O planeta ri da cara da gente. Acho pouco. Fizemos pouco dele por tanto tempo, que agora chegou o tempo dele revidar. Soube que o inferno mudou-se para a Califórnia, esses dias os termômetros marcaram cinqüentinha, filho. Sabe o que é isso? É não ter nem água no corpo suficiente pra transpirar. É de lascar. Parece que o aquecimento global é real. Veio mesmo pra ficar. A Terra acordou louca e de mau - humor. Está de TPM permanente. E os Nostradamus modernos dizem que a previsão é de que não há previsão de melhorar.

É, quem mandou não respeitarmos o aviso de "Don't perturb"? Agora aguenta, coração.

domingo, 8 de julho de 2007

rEDUNDÂNCIA

Carioca é fogo mesmo! Andava tão insatisfeito por não poder chamar mais o Túlio de 'Maravilha' que tratou de dar um jeito. E a cidade maravilhosa agora tem outro motivo para se apegar a esse adjetivo, o Cristo Redentor foi escolhido entre as sete novas maravilhas do mundo.

Bacana, né não? Ponto pro Brasil. (?)

Penso que não vão mais confundir a capital do Brasil com a da Argentina. Periga agora é trocarem de 'Buenos Aires' pra 'Rio de Janeiro' em vez de Brasília.



"Estranho o teu Cristo, Rio.
(...)
Com os braços sempre abertos, mas sem proteger ninguém."
Cazuza.



** O post do desafio está aqui em baixo. [ Arcade Fire ]

sábado, 7 de julho de 2007

aRCADE

Como manda o desafio do Wagner, escrevi sobre o cd 'Funeral' do Arcade Fire, indicado pelo Monsieur Coçard.


A primeira impressão que tive do até então desconhecido 'Arcade Fire' é que seria uma daquelas bandas de metal pesado, barulho mais que tudo no mundo. Impressão alimentada pelo título e pela capa do álbum.


Preconceitos musicais à parte, abri o WMP, selecionei as dez faixas do cd, coloquei pra reproduzir aleatoriamente, abstraí todas as más impressões e PLAY! Comprovei que toda forma de preconceito é uma burrice!


A faixa seis foi a primeira que tocou, Crown of love. Linda! Destruiu de vez com o pouco de má impressão que restava. Agora eu era só ouvidos e os mais atentos do mundo. As faixas seguintes continuaram no mesmo nível. Uma misturada boa de piano, baixo, guitarra, bateria, violino e outros instrumentos são responsáveis por melodias de primeira qualidade.


Os arranjos são realmente bacanas e várias vezes me peguei tentando acompanhar batendo com os dedos na mesa. Gostei mesmo e recomendo o cd.



'Funeral' por quê? - Escolheram esse título pro disco depois de irem ao funeral do avô do Win Butler, que é o vocalista da banda.

Entrevista com o Win: aqui.

sexta-feira, 6 de julho de 2007

aQUELES dIAS qUE

...me transformo em um pacotinho e vou pra cima da cama.
...sofro horas com cólicas infernais.
...pago pra não precisar sair de casa.
...até o cheiro do nada me deixa enjoada.
...o 'ar condicionado' do meu corpo funciona só nos pés.
...minhas pernas pesam aproximadamente uma tonelada.
...minha coluna parece se partir.

Aqueles dias, não. Esses dias. Por que eles chegaram.



Enquanto isso no Blá-Blaísmo...

Os desafios estão de volta! Indiquei o cd "Afrociberdelia" da Nação Zumbi para o Rafael do blog: Sem Título Ainda. E o desafio é ouvir o cd e escrever uma crítica sobre o mesmo. Ele já fez! Ficou muito massa o texto dele, confere lá: Afrociberdelia por Rafael.

O Monsieur Coçard já indicou o cd e passou o link com o arquivo pra mim. Nesse momento o arquivo está em processo de transferência. Assim que terminar o download, ouvirei e venho escrever o que achei. Só então completo a minha participação no desafio.
Até lá!

Ótimo fim de semana! Eu vou já voltar pra cama...

quinta-feira, 5 de julho de 2007

iMUNE

Odeio futebol.








Quem dera fosse verdade e eu tivesse imunidade.
No mínimo eu seria mais saudável.


quarta-feira, 4 de julho de 2007

tERCEIRO

Recife, 06 de julho de 2006






Era uma manhã de trabalho como outra qualquer. Fiz algumas ligações, analisei ou tentei analisar algumas contas de clientes... A concentração não chegava. Meus pensamentos eram os mesmos há alguns dias. Decidi sair mais cedo para almoçar, não estava rendendo nada há horas.


Já na lanchonete da livraria, comia o sanduíche de sempre, mas agora sem sabor algum, quando uma voz suave interrompe meu momento íntimo com aquele alface e pergunta se pode sentar-se à mesa, a que eu estava era a única com cadeira desocupada. Eu apenas consenti com a cabeça.

Nunca a tinha visto antes, parecia simpática. E estava comendo do mesmo lanche que eu. Primeira vez que conheço alguém, embora ainda não a tinha conhecido de fato, que come o mesmo sanduíche natural acompanhado por suco de laranja com framboesa e amora. Suco exótico, inconfundível e delicioso!

Pelo sotaque suspeitei que era paulista e quando puxou assunto sobre clima, tive certeza.

─ Friozinho hoje...
─ É, realmente. Esses dias estão mais frios.
─ E pior que estou sem algumas roupas quentes, extraviou na companhia aérea e há quase um mês que espero eles tomarem uma providência.
─ Ai, que chato.
─ Demais.
─ Mas o que eles disseram?
─ Informaram que têm um mês pra resolver esse tipo de problema, que eu seria notificada assim que achassem minha mala.
─ Sei... Bom, tenho que ir. Espero que você consiga resolver o mais breve possível.
─ Okay. Obrigada. É o que também espero.
─ Até mais.


Embora sem ao menos saber do seu nome, saí da livraria compadecida com a sua situação, coisa mais chata perder uma mala cheia de roupas, objetos pessoais... Humpf! Voltei a pensar aonde estaria o meu livro. Isso não pode se estender por mais tempo!


Continua...

terça-feira, 3 de julho de 2007

sÓ pOR hOJE

• Todo mundo merece/precisa de um dia de descanso, é improfícuo pensar que não.







Voltaremos amanhã com nossa postagem normal e com a Maria Elis bem perto do 'seu' livro.
Até lá!

segunda-feira, 2 de julho de 2007

eNQUANTO iSSO...

No MSN:

Alice (*) diz:
http://www.orkut.com/AlbumZoom.aspx?uid.... especialmente pra vc, anna flávia!

Eis o conteúdo do link:



Não entendi a razão do "especialmente", mas achei melhor nem perguntar nada... =x

domingo, 1 de julho de 2007

iNDICAÇÃO

O Improfícuo foi indicado para o prêmio 7 Maravilhas da Blogoesfera. Indicação feita pelo Blá-Blaísta fofo da Dan, o Wagner. Valeu, Wagner. Devo mandar email para quem organizou o prêmio informando as minhas indicações, que são:

1. Babaquice Emocional - http://babaquicemocional.blogspot.com
2. Prililifobia - http://prililifobia.blogspot.com
3. Reformatório - http://reformatorio.blogger.com.br
4. Recolorindo - http://recolorindo.blogspot.com
5. Faxina - http://faxinando.blogspot.com
6. Cataclisma 14 - http://cataclisma14.blogspot.com
7. Labirinto do Não - http://labirintodonao.blogspirit.com