quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Outras frequências...

O incerto dá um medo danado. De susto estremeço toda por dentro. Parece febre. E de tão incerto, eu queria mesmo era fugir com as incertezas todas para no meio do caminho me perder delas e voltar sozinha, só com certezas.


"Se fosse fácil achar o caminho das pedras, 
tantas pedras no caminho não seria ruim" HG

5 comentários:

Retrato em Branco e Preto disse...

Eu finjo que sou corajosa mas na verdade tenho tanto medo que só eu sei.

Vai dar tudo certo, seja lá o que for.

Um beijo.

Lulu on the sky disse...

Todo ser humano tem medo do desconhecido. Tenha fé que tudo dará certo.
Big Beijos

Larissa Bello disse...

Sei que é difícil. Mas, penso como o poeta Murilo Mendes: "é preciso idolatrar a dúvida". Quando nossas previsíveis reações nos angustiam. Gosto sempre de exercitar o avesso dos sentimentos.

Bjo

aline disse...

eu queria algumas certezas também. quem vive só de incertezas?

Natália Raposo disse...

Até parece que isso foi escrito por mim e pra mim.
Quem pode, nesse momento, ter mais medo do que eu?

Vai dar tudo certo - repito todos os dias.

^^