sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Da saudade que dá...


E a gente aceita conviver com a saudade somente pelo prazer de vê-la morrer a cada reencontro.  


Ilustração do Lucas - Abra o bico 

3 comentários:

Lulu on the sky disse...

A alegria do reencontro é a melhor dádiva para matar uma saudade. Bom demais.
Big Beijos

Larissa Bello disse...

O bom dessa frase é a sua ambiguidade. O reencontro pode matar a saudade pelo fato de reviver algo bom ou pelo fato de fazer perceber o que não era e nunca foi bom. De qualquer forma ela estará morta. E isso é ironicamente positivo. Muito louco, não?

dZ disse...

Meio sádico isso né?