quarta-feira, 8 de janeiro de 2014


Onze anos depois e ainda dói como se fosse hoje.  Ê saudade...



Nenhum comentário: