quarta-feira, 11 de junho de 2014

Longe, lá de longe...

O que eu desejo mesmo é poder levar todas as pessoas queridas para longe daqui.

Longe da corrupção, longe dos crimes, do trabalho quase escravo de alguns, do transporte ruim, da má vontade do atendente, dos desvios de verba pública, da discriminação, do tal 'jeitinho brasileiro'.

Pudesse eu criar outro pais, longe dessas leis que não valem nada, longe de onde o dinheiro vale mais que caráter... Tão longe que pudesse fazer todos acreditarem que é possível um mundo sem esses vermes que nos rondam.

Talvez se as crianças crescessem longe dessas barbaridades, ainda houvesse alguma chance de termos fé na humanidade. Por agora, assim como está, é difícil acreditar.

Um comentário:

Lulu on the Sky disse...

Comprtilho da mesma opinião, será que existe um lugar perfeito?
big beijos