terça-feira, 29 de julho de 2014

Sabedoria em série... #22


"Eu sempre disse que seria mais feliz sozinha. Teria meu trabalho. Meus amigos...

Há um motivo para dizer que eu seria mais feliz sozinha. Não foi porque eu pensei que seria mais feliz sozinha. Foi porque eu pensei que se eu amasse alguém, e depois acabasse, talvez eu não conseguisse sobreviver. 

É mais fácil ficar sozinho. Porque, e se você descobrir que precisa de amor e depois você não tem? E se você gostar e depender dele? E se você modelar a sua vida em torno dele e então… ele acaba? Você consegue sobreviver a essa dor? 

Perder um amor é como perder um órgão. É como morrer. A única diferença é que a morte termina. Isso? Pode continuar para sempre."


2 comentários:

Murdock disse...

Como é aquele texto que diz que é melhor amar e deixar de amar do que nunca ter amado?

Morganna Batista disse...

é bem isso.