terça-feira, 26 de agosto de 2014

Um poema de volta

te procuro
quando
está claro
quando escuro
céu repleto 
ou incompleto
te procuro
no teu samba
predileto
num obscuro
dialeto
te procuro
quando
te protejo
quando
me projeto
em teu futuro
te procuro
capto capturo
nesse poema
que rasuro
e te juro
só quando
te encontro
me curo

----------
mg6es

Nenhum comentário: