quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Ar, er, ir...


Um discurso muito bonito, mas até que ponto acredito no que digo?



Nenhum comentário: