quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Foi só o tempo que mudou


A gente tinha tanta sorte
Podíamos desafiar até a morte 

Era só darmos as mãos
E passávamos por tudo sem sofrer um arranhão

Sua alegria era a minha
E vice-versa

No mundo não existia
Outro casal tão feliz

Mas quis o destino que o passado virasse nosso verbo
Deixando nosso 'para sempre' com cara de pretérito

E nosso amor foi lindo porque não acabou
Foi só o tempo verbal que mudou

Um comentário:

Mª Fernanda Probst disse...

Bateu uma tristeza com essas tuas linhas, uma nostalgia boba.

Que triste o tempo mudar e todo o resto não =(