quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Mecanismo de defesa

Às vezes o coração da gente fica apertadinho. Pequeno como um grão. São nessas horas que a gente sente como se fosse morrer de depressão. E o aperto é tanto que faz faltar até o ar.

Com o tempo percebemos que é nosso mecanismo de defesa exercendo sua função vital. Com o coração expulsando vagarosamente nossas dores numa tentativa até poética de se reconstituir.


Assim, quando ele retornar ao tamanho normal, estará livre de tudo que for sofrimento e poderá se encher só de amor novamente.

Nenhum comentário: